Federação de Judô de Mato Grosso do Sul

Federação de Judô de Mato Grosso do Sul

Logo-FJMS200x200-1.png

Notícia da CBJ sobre a prata de LAYANA COLMAN (MS) – na ALEMANHA

Última competição de Estágio Internacional Sub 18 rende mais um ouro e uma prata

183537060513berlim7_thumbnail2

Seleção Sub 18 garante mais resultados expressivos em sua estada na Europa

A seleção brasileira Sub 18 realizou sua última competição em solo europeu antes de regressar ao país. Em Berlim, Alemanha, os atletas brasileiros disputaram etapa da European Cup Top Ranking, encararando os melhores judocas europeus da categoria, com a adição dos japoneses, também presentes.
Aine Schmidt novamente colocou a bandeira do Brasil no alto do mastro. A judoca de Mogi das Cruzes-SP já havia ficado com o ouro da categoria até 70kg na Romênia e repetiu o feito nas entranhas do Portão de Brademburgo. Na decisão, Aine passou pela holandesa Jasmin Lesterhuis para assegurar sua soberania na categoria.
“Estou muito feliz com o resultado e com minhas lutas. Variei minhas técnicas e fiz o que estava treinando. Foi com certeza mais um enorme passo para o meu maior objetivo esse ano, que é o mundial. Agora, é continuar treinando pesado e acertando os detalhes para conquistar esse objetivo”, contou a judoca.
A medalha de prata foi arrebatada por Layana Colman. Não foi o debute da sul-mato-grossense em pódios europeus: em março, na primeira etapa do Estágio, ela garantiu um bronze na etapa de Antalya da European Cup. O que torna a campanha de Layana mais impressionante, é o caminho que percorreu antes de ser vencida na final pela holandesa Larissa van Krevel. Foram três alemãs, que, por estarem em casa, tinham o apoio da torcida, e a italiana Sofia Fiora, medalhista de bronze nas etapas de Zagreb e Teplice da European Cup.
“Fiquei muito satisfeita com meu resultado nesta competição de Top Ranking. Consegui fazer lutas que atenderam minhas expectativas, estava bem confiante e praticamente garanti minha vaga para o Mundial. Além de, claro, adquirir um pouco mais de experiência”, comentou a medalhista de prata.
Aine e Layana à parte, a delegação brasileira conquistou ainda dois quinto lugares – com a paulista Letícia Silva (44kg) e o gaúcho Brener Marcon (66kg) – e cinco sétimo postos – com a brasiliense Bruna Jesus (40kg), a gaúcha Carollynne Hernandez (48kg) e os paulistas Paulo Henrique Morais (66kg), Hugo Praxedes (+90kg) e Matheus Rocha (+90kg).
Por ser Top Ranking, a competição de Berlim rendeu cem pontos aos medalhistas dourados, 70 aos prateados, 50 para os de bronze, além de 28 para os quinto colocados e 20 para os do sétimo posto no Ranking Nacional de Base. O Brasil ficou em terceiro lugar no Quadro de Medalhas feminino, atrás apenas de Rússia e Japão. No Quadro geral, a delegação brasileira terminou no sexto posto. Estiveram presente no evento 789 atletas de 34 países. A segunda e derradeira etapa do Estágio Internacional Sub 18 começou há cerca de dez dias, quando a delegação partiu do interior de São Paulo rumo a Pitesti, onde disputou a primeira de duas etapas agendadas da European Cup. Lá, ouros com José Basile (73kg), Ellen Furtado (+70kg) e a própria Aine Schmidt; pratas com Bruna Silva (44kg), Gabriela Bitencourt (57kg), Marcelo Braga Junior (50kg) Rodrigo Lopes (60kg), Hiago Pirolo (66kg) e Hugo Praxedes (+90kg); e bronzes com Juliana Rodrigues (40kg), Rafaela Lorais (48kg), Carollynne Henandez (48kg), Yasmim Fernandes (52kg), Ariel Alencar (60kg), Sarah Chaves (70kg), Kainan Pires (50kg), Nykson Carneiro (55kg), Carlos Carvalho (90kg) e João Cezarino (+90kg). Após o certame, a seleção participou de treinamentos de campo na cidade, o que se repetirá em Berlim, até a próxima quarta-feira, dia 8/5, quando voltam ao Brasil.
“Participar dos estágios internacionais em Pitesti/ROU e Berlin/GER foi uma experiência muito positiva para todos os atletas e comissão técnica. Os atletas tiveram a oportunidade de enfrentar judocas dos principais países do mundo e conhecer na prática as dificuldades que poderão enfrentar em uma possível participação no Mundial Sub 18, que será em Miami, Estados Unidos, no mês de agosto. Já a comissão técnica teve uma oportunidade de avaliar o nível de preparação dos nossos atletas e dos possíveis adversários em eventos internacionais desta categoria”, analisou Edmilson Guimarães, chefe de delegação.
A próxima competição de alto nível dos judocas da Sub 18 será o Campeonato Brasileiro da categoria, que ocorrerá em Salvador nos dias 18 e 19 de maio. O Mundial da categoria acontece nos dias 8 e 11 de agosto.

Autor: Assessoria de Imprensa

Compartilhe essa Notícia:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *