Federação de Judô de Mato Grosso do Sul

Federação de Judô de Mato Grosso do Sul

BRA SUB 13 – NOTICIA PUBLICADA NA IMPRENSA DIAS 14 e 15 DE JULHO

Judocas disputam Campeonato Brasileiro em Mato Grosso do Sul no próximo mês.

Campo Grande-MS vai para sediar a final do Campeonato Brasileiro de Judô – Sub 13, masculino e feminino, que será realizado nos dias 14 e 15 de agosto, em Campo Grande. No sábado os atletas competirão individualmente nas categorias de peso super-ligeiro, ligeiro, meio-leve, leve, meio médio, médio, meio pesado e pesado. No domingo cedo ocorre o Campeonato por equipes. O campeonato reunirá no Ginásio Guanandizão aproximadamente 250 atletas, entre 11 e 12 anos, dos 27 Estados brasileiros.
O campeonato, que receberá atletas e representantes de diversas federações, está sendo organizado pela Federação de Judô de Mato Grosso do Sul (FJMS), em parceria com a Confederação Brasileira de Judô (CBJ).
Por conta da liderança no Campeonato Brasileiro Regional de Judô deste ano, quando Mato Grosso do Sul foi campeão de medalhas em Campo Verde-MT, e por ser o anfitrião, o Estado competirá com 16 atletas, que é o número máximo permitido por Federação. Serão oito competidores na categoria masculina e outros oito na feminina.
Cesar Paschoal, Presidente da FJMS, lembra que os campeões de cada categoria (masculino e feminino) se classificam para disputar o Campeonato Pan-americano, que este ano será na Colômbia. Já os vice-campeões ficam classificados para lutar no Sul-americano, que será realizado no Uruguai.
“Para nós é de extrema importância receber esse campeonato no Estado. Esses atletas que hoje tem 11 e 12 anos certamente serão as promessas de grandes nomes para as Olimpíadas de 2020, e por isso o investimento neles significa o fortalecimento do futuro do judô estadual e nacional”, explica Paschoal.
Ainda segundo Paschoal, a expectativa é que 2.500 pessoas compareçam aos dois dias do campeonato.
Dificuldades
O presidente da FJMS, César Paschoal informou que neste ano, pela primeira vez, um Campeonato Brasileiro de Judô acontecerá sem o incentivo e apoio necessário do poder público e da iniciativa privada.
Paschoal relata que, com exceção da Funesp (Fundação Municipal de Esporte), que investiu R$ 7 mil para o evento e cedeu o Ginásio Guanandizão, não houve apoio de outros órgãos públicos do esporte e nem de empresas privadas. “O campeonato sub-13, corre o risco de não acontecer como planejado por conta da falta de patrocínios”, lamentou o presidente.
Esta será a quarta competição nacional do judô realizada em Mato Grosso do Sul nos últimos cinco anos. Em 2006 o Estado foi palco do Campeonato Brasileiro final sub-17, em 2007 do final sub-15, em 2009 do Campeonato Brasileiro Regional, que reuniu atletas de todo o centro-oeste, e agora mais um grande evento, de altíssimo nível técnico, pois é seletivo para dois eventos internacionais. De acordo com Paschoal “essa é a primeira vez que um evento nacional do judô será realizado sem o investimento mínimo necessário, e, portanto teme por cobranças no futuro.”

Atenção Imprensa
Tatiane Queiroz
Jornalista MTb – 640/MS
Contatos:
(67) 9292-4561
e-mail: jornalistatatianequeiroz@hotmail.com
twitter: tati_queiroz
Skype: tatiqueirozjorn

Compartilhe essa Notícia:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *