Federação de Judô de Mato Grosso do Sul

Federação de Judô de Mato Grosso do Sul

Tiago Camilo é 5º lugar – Maria Portela perde na primeira luta.

Tiago Camilo é quinto nos Jogos de Londres

Maria Portela perde a primeira luta e foi desclassificada.

Duas vezes medalhistas olímpico, Tiago Camilo experimentou um sentimento nada familiar: a tristeza de voltar de uma Olimpíada sem medalha. O peso médio, prata em 2000 (leve) e bronze em 2008 (meio-médio), ficou em quinto lugar nos Jogos de Londres, ao perder a luta decisiva para o campeão mundial Ilias Iliadis (GRE) por dois shido. Nas quartas-de-final, Camilo havia sido derrotado pelo coreano Dae-Nam Song, que acabou ficando com o ouro.

“Fiz tudo o que eu podia na minha preparação. Fui ao meu limite. Até hoje não sabia o que era voltar de Olimpíada sem medalha. Estou triste. Ela se foi”, disse Camilo, emocionado, referindo-se à medalha. Aos 28 anos, o judoca descartou a aposentadoria. “Amo judô, tenho prazer em treinar e lutar. Vou continuar até quando esses sentimentos estiverem dentro de mim. Até 2016”, falou.

Camilo começou arrasador, com dois belos ippons. Depois passou por Dilshold Choriev (UZB), o que lhe garantiu vaga na semifinal contra Song.

“Ele soube lutar comigo. Foi um luta dura”, comentou. “Estou acostumado a lutar olimpíada e não posso dizer que senti pressão, nada disso. Já vivi a experiência de lutar pelo bronze. Consegui me recuperar para pegar o grego. Embora o intervalo fosse curto, eu sabia o que me esperava e fiz uma preparação adequada, voltada para isso. O Iliadis acabou vencendo por punições”, completou.

Mais cedo, Maria Portela foi derrotada em sua estreia contra a colombiana Yuri Alvear, campeã mundial em 2009 e que acabou com o bronze em Londres.

“Estou muito decepcionada. Trabalhei demais para chegar até aqui, mas demorei a entrar na luta”, avaliou a judoca gaúcha, que contou com suporte psicológico para encarar bem sua estreia olímpica. “Estava preparada, mas talvez tenha sentido um pouco a ansiedade. Não sei bem ainda”, finalizou.

Manoela Penna, de Londres

Compartilhe essa Notícia:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *