BRASIL É CAMPEÃO SUL-AMERICANO DE JUDÔ

Nova geração de atletas conquista seis medalhas de ouro na Colômbia e mantém hegemonia no continente

A nova geração do judô brasileiro mostrou sua força e manteve a hegemonia nos tatames da América do Sul. Com seis medalhas de ouro, duas de prata e oito de bronze, o Brasil ficou em primeiro lugar na classificação geral do Campeonato Sul-Americano Sênior, disputado em Cali, na Colômbia. Os destaques foram Tiago Camilo, Walter Santos, Sarah Menezes, Fabiane Hukuda e Luciano Correa (este vencedor no meio-pesado e no absoluto), todos campeões em suas categorias.

Depois de vencer o Campeonato Pan-Americano em Porto Rico, na semana passada, Tiago Camilo voltou a subir no lugar mais alto do pódio na Colômbia. Foi a estréia do medalhista de prata de Sydney 2000 em competições continentais na categoria adulto. No meio-leve masculino, João Derly, com febre, acabou em quinto lugar. Luciano Correa, reserva de Mario Sabino na equipe olímpica de Atenas 2004, confirmou a boa fase e venceu seus adversários no meio-pesado e no absoluto.

Link permanente para este artigo: http://www.fjms.com.br/?p=55

Resultado dos atletas deficientes visuais no Grand Prix

IV GRAND PRIX BRASIL DE JUDÔ

Realização:
ABDC – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE DESPORTO PARA CEGO

Resultado Individual

Sênior Feminino Ligeiro:
Michele Ferreira 3° Lugar – ADVIMS

Sênior Feminino Meio-Leve:
Andréia Zurutuza Campeã – ISMAC

Sênior Feminino Médio:
Maria Andréia Santos Campeã – ADVIMS

Sênior Feminino Pesado:
Rosemeire Santos 3º Lugar – ADVIMS

Sênior Masculino Leve:
Rafael Moreira Campeão – ADVIMS
Márcio Ramos 3ºLugar – ADVIMS
Anderson Arruda 5º Lugar – ADVIMS

Sênior Masculino Pesado:
Luciano Lima Pereira 3º Lugar – ADVIMS

Sênior Especial 1 Feminino:
Andréia Zurutuza Vice – Campeã – ISMAC

Sênior Especial 1 Masculino:
Edson Divino Campeão – ADVIMS

Sênior Especial 2 Feminino:
Maria Andréia Santos Campeã – ADVIMS
Rosemeire Santos Vice – Campeã – ADVIMS

Sênior Especial 3 Masculino:
Carlos Barbosa Campeão – ISMAC

Sênior Especial 4 Masculino:
Márcio Ramos Campeão – ADVIMS
Anderson Arruda Vice – Campeão

Resultado Geral

1º Colocado – CESEC/ São Paulo
2º Colocado – IBDD/ Rio de Janeiro
3º Colocado – ADVIMS/ Mato Grosso do Sul
11° Colocado – ISMAC/ Mato Grosso do Sul

Técnicos ADVIMS:
Luciano Carvalho Bittencourt
Jansser Lorimer Alves

Técnico ISMAC:
Ana Paula

Atletas Pré-classificados para o Mundial de Judô para cego:

– Rafael Moreira – ADVIMS
– Maria Andréia Santos – ADVIMS
– Edson Divino – ADVIMS
– Andréia Zurutuza – ISMAC

Link permanente para este artigo: http://www.fjms.com.br/?p=54

Começa o Sul-Americano

Oito países estão inscritos para o Campeonato Sul-Americano de Judô, que está sendo realizado até sábado em Cali, Colômbia. A novidade é que Espanha (representada por cinco atletas no masculino) e República Dominicana (com uma judoca no feminino e três no masculino) são convidadas no Campeonato. Já o Brasil, o Equador, a Argentina e a Venezuela, que não participou do Panamericano em Porto Rico, estão com as equipes completas.

A programação da competição é, para sexta, as disputas de todas as categorias de peso, no masculino e feminino, a partir de 10h, 12h no horário de Brasília.

No sábado, segue a disputa de Kata. O Brasil será representado mais uma vez pela dupla campeã panamericana, Luiz Alberto dos Santos e Rioiti Uchida. Ainda no sábado, depois da competição de Kata, será realizada a competição por equipe.

Domingo acontece a VIII Copa Colombiana de Judô, que faz parte do Circuito Panamericano.

Link permanente para este artigo: http://www.fjms.com.br/?p=53

NOVA GERAÇÃO DO JUDÔ CONQUISTA 15 MEDALHAS NO PAN

A nova geração do judô brasileiro mostrou a sua força em seu primeiro compromisso internacional. Representando pela equipe Sub-25, o Brasil conquistou 15 medalhas (5 de ouro, 5 de prata e 5 de bronze) no Campeonato Pan-Americano Sênior, realizado em Porto Rico de 18 a 22/5. Com o resultado, o país foi campeão geral.

O evento marcou a volta ao lugar mais alto do pódio de atletas consagrados apesar da pouca idade. Tiago Camilo, medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Sydney-2000, foi ouro no Pan na categoria meio-médio. Outro destaque foi João Derly. Após passar por momentos difíceis ao subir de peso da categoria até 60kg para até 66kg após os Jogos Pan-Americanos de Santo Domingo, em 2003, Derly ficou fora da seleção brasileira na última temporada. Em sua volta, o judoca gaúcho conquistou a medalha de ouro em seu primeiro torneio internacional.

A seleção Sub-25 faz parte do planejamento da Confederação Brasileira de Judô para a renovação do esporte. Dono de 12 medalhas olímpicas, o judô brasileiro foi pela primeira vez representando em um evento internacional por atletas de até 25 anos.

O Brasil foi o campeão do Campeonato Pan-Americano de 2005. Com 15 medalhas, o país só não subiu ao pódio em três categorias. Na absoluto feminino Maria Suellen não se classificou para a fase final e os atletas Lilian Lenzi (meio-médio) e Rafael Krug (super-ligeiro) não conseguiram visto de entrada nos Estados Unidos, exigido por Porto Rico, e não viajaram. Ainda assim o Brasil foi campeão geral.

Os cinco ouros do Brasil formam conquistados por João Derly (meio-leve), Tiago Camilo (meio-médio), Luciano Correa (meio-pesado) e Walter Santos (pesado e absoluto).

A equipe brasileira também foi representada no torneio de kata. Os atletas Rioiti Uchida e Luís Alberto dos Santos conquistaram pela quarta vez o título de campeões panamericanos de nague-no-kata, katame-no-kata e ju-no-kata.

Com este resultado, Uchida e Luís Alberto têm a hegemonia do continente, tendo conquistado o primeiro lugar em 2001, 2003, 2004 e 2005. Agora os atletas somam 12 medalhas de ouro em pan-americanos no currículo.

A seleção brasileira de judô agora segue para o Campeonato Sul-Americano, de 26 a 28/5, na Colômbia.

Link permanente para este artigo: http://www.fjms.com.br/?p=52

Classificação Geral do JAB’s

Terminou ontem a modalidade de Judô dos Jogos Abertos Brasileiros. A equipe de São Caetano do Sul/SP, que contava com os atletas olímpicos Edinanci Silva e Carlos Honorato, consagrou-se campeã tanto no masculino como no feminino. Confira a classificação geral:

CLASSIFICAÇÃO GERAL FEMININO

1° São Caetano do Sul/SP – 74 pts
2° Florianópolis/SC – 58 pts
3° Campo Grande/MS – 57 pts
4° Niterói/RJ – 56 pts
5° Gravataí/RS – 52 pts
6° Maringá/PR – 33 pts
7° Betim/MG – 30 pts
8° Cuiabá/MT – 08 pts

CLASSIFICAÇÃO GERAL FEMININO

1° São Caetano do Sul/SP – 78 pts
2° Maringá/PR – 60 pts
3° Campo Grande/MS – 56 pts
4° Gravataí/RS – 53 pts
5° Ipatinga/MG – 47 pts
6° Niterói/RJ – 44 pts
7° Itajaí/SC – 32 pts
8° Cuiabá/MT – 08 pts

Link permanente para este artigo: http://www.fjms.com.br/?p=51

Congresso Técnico do JAB’s

Ocorreu agora a tarde o Congresso Técnico da modalidade de judô do JAB’s, coordenado pelo Prof. Reginaldo Markievson Souza de Arruda e teve a participação dos técnicos dos Estados de Mato Grosso, Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Paraná e Mato Grosso do Sul. Até a hora do Congresso, a delegação do Rio Grande do Sul ainda não hávia chegado em Campo Grande.
No Congresso ficou confirmada a presença dos atletas olímpicos Carlos Honorato e Edinanci Silva.
Ficou marcada para amanhã às 8 horas, a segunda reunião dos técnicos onde será feito o sorteio das chaves.

Link permanente para este artigo: http://www.fjms.com.br/?p=50

Brasil é o primeiro em medalhas no 1º dia do Pan

Nesta quinta-feira, 19, o Brasil terminou o primeiro dia de competições do Campeoanto Panamericano Sênior de Judô com três medalhas. Thiago Camilo (meio médio), Luciano Corrêa (meio pesado) e Walter Santos (pesado) conquistaram o lugar mais alto do pódio e deram ao país a posição de destaque.

Também conquistaram medalhas os judocas brasileiros Marcia Vieira e Claudirene Cezar, com prata e Maria Althman e Alessandro Merly, com o bronze.

Seguindo o Brasil em números de medalhas estão Canadá, Equador e Estados Unidos. Os brasileiros conseguiram três ouros, duas pratas e dois bronzes.

Link permanente para este artigo: http://www.fjms.com.br/?p=49

Burocracia impede judocas de irem ao Pan em Porto Rico

Dois atletas brasileiros foram impedidos de embarcar com a delegação brasileira para o Campeonato Pan-Americano Sênior, em Porto Rico. Na última terça-feira, o super-ligeiro gaúcho Rafael Krug, o leve paulista Diogo Coutinho e a meio-médio de Rondônia Lílian Lenzi não viajaram por não terem conseguido visto para os Estados Unidos.

Do trio, apenas Diogo Coutinho conseguiu resolver de última hora a situação junto ao consulado norte-americano, que controla a entrada de estrangeiros no território de Porto Rico (Estado associado aos EUA). O judoca viaja nesta quarta para se integrar à delegação brasileira.

Por sua vez, Lílian Lenzi e Rafael Krug terão que se contentar em integrar a seleção brasileira sub-25 para o Sul-Americano da Colômbia, de 26 a 28 de maio. No Pan, o Brasil ficará sem representação nas categorias super-ligeiro e meio-médio feminino.

“Fiquei muito frustrado com esses problemas. Venci a seletiva e treinei muito para poder representar o meu país. Por causa de um documento eu quase fiquei impedido de viajar. Sorte que no final tudo terminou bem. Fui diversas vezes ao consulado americano e nunca conseguia uma solução. Agora quero me concentrar na competição e dar o melhor de mim no Pan-Americano”, desabafou Diogo Coutinho.

De acordo com a assessoria de imprensa da CBJ (Confederação Brasileira de Judô), a entidade costuma pedir vistos para toda a delegação antes de uma competição.

Cabe ao atleta apenas se dirigir ao consulado do país de destino para eventuais entrevistas de esclarecimentos. No caso, foi o que aconteceu com Lílian Lenzi e Rafael Krug, que tiveram entrada em Porto Rico negada.

Link permanente para este artigo: http://www.fjms.com.br/?p=48

Judô Paraolímpico rende medalhas a Mato Grosso do Sul

Lançado no ano passado, pela Federação de Judô de Mato Grosso do Sul, o projeto de inclusão social denominado Judô Paraolímpico – destinado a portadores de deficiência visual –, rendeu neste fim de semana as primeiras medalhas ao Estado. Na disputa do Campeonato Interclubes de Judô Paraolímpico, em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, a seleção sul-matogrossense assegurou cinco medalhas de ouro, uma de prata e quatro de bronze.

Rafael Renato, disputando a categoria leve, ganhou o primeiro ouro para Mato Grosso do Sul e na categoria classe absoluto (sem limite de peso), ficou com a medalha de bronze. Já Michele Aparecida foi campeã na categoria ligeiro e garantiu ainda a medalha de prata com a segunda colocação na absoluto. Edson Divino ganhou o ouro vencendo a categoria meio-pesado e também trouxe o bonze na classe absoluto. Mirian Anunciação foi campeã na categoria leve e bronze na absoluto, mesmo resultado obtido por Maria Andrea Pereira, na categoria médio e classe absoluto.

A seleção estadual foi comandada nesta competição pelo técnico Janser Lorier Alves. Na classificação geral por equipes, Mato Grosso do Sul ficou com a segunda colocação. O título foi conquistado pela seleção ADVAT/Smel, de São Paulo.

Para disputar o Campeonato Interclubes de Judô Paraolímpico, a equipe de sul-matogrossense contou com apoio da Academia Rocha e da Fundação Municipal de Esportes de Campo Grande.

No projeto de Judô Paraolímpico realizado no Estado, para o trabalho de preparação de atletas o técnico Janser Lorier Alves, da Associação Mifune, conta ainda com a participação de Luciano Carvalho Bittencurt, do Rádio Clube.

Link permanente para este artigo: http://www.fjms.com.br/?p=47

Seleção viaja para o Pan-Americano de judô em Porto Rico

A seleção brasileira de judô embarca nesta terça-feira no aeroporto de Guarulhos para o Campeonato Pan-Americano sênior, que será disputado entre os dias 18 e 22 de maio em Porto Rico.

O Brasil será representando pela equipe Sub-25, definida após uma seletiva em São Paulo, no mês de abril. Medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Sydney, em 2000, Tiago Camilo é um dos destaques da delegação.

“Será minha primeira vez em um Pan-Americano e um Sul-Americano e pretendo lutar pôr uma medalha. Quero também treinar mais para buscar uma vaga para disputar o Mundial, em setembro, no Egito”, diz Tiago Camilo, da categoria meio-médio (até 81kg).

Outros judocas experientes da seleção Sub-25 são Fabiane Hukuda, no meio-leve, que esteve em Atenas 2004, Claudirene Cezar, reserva de Edinanci Silva no meio-pesado, e Luciano Correa, suplente de Mário Sabino no meio-pesado. Aos 16 anos, a pesado Maria Suelen Althman é a mais jovem atleta a integrar o time.

De Porto Rico a seleção brasileira segue para o Campeonato Sul-Americano, de 26 a 28 de maio, na Colômbia.

Link permanente para este artigo: http://www.fjms.com.br/?p=46

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com