CESAR PASCHOAL DEIXA A PRESIDÊNCIA DA FJMS

Olá amigos e amigas do Judô. Dirigentes, Técnicos, Professores, Árbitros, Atletas, Pais, Mães e meus ilustres Diretores, CESAR PASCHOAL - FJMS Foram oito (8) anos no cargo de Presidente dessa instituição que nos encanta a cada dia, que nos trouxe muitas alegrias, mas por alguns fatos tristes. Também choramos. Choramos pela partida precoce de 3 jovens meninas, mas que nos deixaram o gosto pelo viver, para que possamos continuar nossa jornada, até o dia que o "papai do céu" nos convoque também. Essa é a única certeza que temos! Também pela partida do nobre ex-presidente da FJMS, o Chico Helney. Saudades de todos que foram. Mas as alegrias foram grandes, a emoção por cada viagem, na ida e na volta, alguns títulos conquistados, muita experiência acumulada, e uma grande alegria estampada no rosto de cada criança, mostrando para seus familiares que lutou lá fora, representando nosso querido Estado de Mato Grosso do Sul. Realizamos aqui em Campo Grande cinco (5) campeonatos brasileiros, 2 regionais e 3 finais. Deu muito trabalho, mas valeu a pena, pois oportunizou a cada criança lutar bravamente em seu território, em seu Estado, e com seus familiares torcendo e vibrando, fosse na vitória ou na derrota. As meninas deram show, num esporte sem fronteira onde Mato Grosso do Sul esteve em toda a América do Sul, em 8, 9, 10 países da Europa, dirigentes indo para a China, Tunisia, França, enfim. um grande crescimento atribuído ao trabalho de cada um, que, somado, nos transformou num Estado promissor, contribuindo para a evolução do Judô Brasileiro e Mundial. Ainda temos muito que caminhar, mas já dá para sentir que nesse caminho, em breve teremos a conquista de uma vaga na seleção principal. Estamos chegando, com humildade e alegria. Não podemos perder nosso senso de humor gente. Nem a garra e a explosão do atleta campeão. Nossa união é que simboliza o melhor de tudo isso. Não vamos, um dia, festejar APENAS a vaga olímpica, mas sim TODO O PERCURSO PARA SE CHEGAR ATÉ ELA. É nesse caminho que vamos firmar nossos laços de amizade e fraternidade. O resultado é sim importante, mas o meio em que vivemos para chegarmos até ele é o que importa para ganharmos fé e esperança de um mundo melhor para todos. Quero agradecer sempre a todos vocês, dirigentes, professores, técnicos, árbitros (estou voltando..) atletas, pais, mães, irmãos, etc.. e aos Diretores da FJMS, que ralaram muito nesses anos todos, mantendo a FJMS unida. Isso constituiu uma família, e apesar das brigas, no outro dia estávamos conversando, pedindo desculpas, abraçando-nos uns aos outros, e dando exemplo aos mais novos, para que um dia assim o façam também, pois esse É UM BOM CAMINHO PARA SE SEGUIR. Estou de saída da Presidência, que é um mero cargo, mas não me afasto do grupo, que faz parte da minha vida! São 20, 30 anos juntos com alguns, e não podemos sair repentinamento, pois a saudade não perdoa, machuca. O poder é engraçado, ora te traz alegria ora te traz preocupação, tristeza, solidão. Ele é perigoso. Aprendi com o AMIGO e Professor JOAO ROCHA que nós temos que dominar o poder, senão ele nos domina, e aí começa o fracasso. Ele me disse isso várias vezes, mas com outras palavras. O que aprendi na gestão da FJMS devo ao Prof. João Rocha, que me trouxe ao poder, me manteve e me entendeu quando necessito do afastamento agora. Ao longo do tempo fui observando que por trás disso tudo, existiu algo forte, bom de sentir, que é a verdadeira AMIZADE, onde nas confidências e nas discussões aprendemos um com o outro a viver em harmonia num ambiente tão competitivo, tão precioso, que tanto pode causar um conflito quanto um forte abraço de amizade. Hoje, dia 28/02/2013, há dois dias do fim do meu mandato, recebi pessoalmente uma carta de meu Sensei, o Professor Reinaldo Pedro de Souza Santos, um grande professor, um grande técnico, um grande árbitro, mas que está se afastando da arbitragem, apesar de ter sido o árbitro de MS que mais atuou em 2012. Fico triste pelo afastamento, mas compreendo os motivos que o levaram a tal. Outros, sei, também se afastarão, acontece. Mas espero que retornem um dia, pois o Judô de MS precisa de cada um de vocês, dirigentes, técnicos, professores, árbitros, atletas, pais, maes, irmãos, etc.. e eu estarei aqui, solícito como sempre fui, e vou ajudá-lo naquilo que meu tempo permitir. Agradecimento especial também ao Amigo Professor Paulo Wanderley Teixeira, mui digno presidente da Confederação Brasileira de Judô, que está a frente do Judô Nacional, e muito nos ajudou ao longo desses anos. Agradeço e deixo um grande abraço aos professores JAIRO RICARDES RODRIGUES e JOSÉ OVÍDIO DUARTE DA SILVA, então vice-presidentes da FJMS, pelos conselhos e amizade. DIZER QUE AMO TUDO ISSO É POUCO. Boa sorte ao novo Presidente da FJMS, que será eleito por aclamação no próximo sábado, o nosso amigo MARCOS CRISTALDO, brasileiro, casado, engenheiro civil, judoca (faixa preta NI DAN), e que está empenhado em nos ajudar também, o que é ótimo. Dia 02/03/2013 despeço-me da presidência da FJMS ABRAÇO. CESAR AUGUSTO PROGETTI PASCHOAL. PRESIDENTE DA FJMS

Link permanente para este artigo: http://www.fjms.com.br/?p=1677

1 comentário

    • Leonildo de Pieri em 4 de março de 2013 às 15:05
    • Responder

    É assim mesmo Cesar Paschoal,basta olharmos para o alto para compreender que existe um poder confiavel e que nossa fé nesse Deus Sobrenatural Onipotente causa e efeito de tudo.É tudo sempre estive ao seu lado e em nome de Deus todo Poderoso,que abraço você dizendo muito obrigado que ele nos cubra nos caminhos que percores.Amém!

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com